Habemus Copona


Talvez a melhor notícia no calendário brasileiro desde a introdução dos pontos corridos, em 2003.

Demorou, muito, para que a CBF percebesse que com o campeonato de pontos corridos ocorrendo o ano inteiro era necessário que a Copa do Brasil seguisse a mesma trilha. Uma década, pra ser exato.

Grêmio x Sport, decisão da primeira Copa do Brasil, em 89

A Copa em meio ano fazia sentido quando ela ocupava o primeiro semestre e o Brasileirão o segundo semestre. Com os pontos corridos passou a ocorrer aquela história de o Brasileirão começar quando a Copa ainda não tinha terminado. E os times lutando pelo título da Copa a priorizavam e perdiam rodadas importantes do Brasileiro.

Agora ambas as competições serão simultâneas. Se um time priorizar a Copa vai perder ainda mais rodadas do Brasileiro.

Não sei como ficará o calendário, mas espero que a Copa ocupe datas de fim de semana, não se restringindo apenas ao meio de semana. Isso possibilitaria aos times jogar simultaneamente ambas competições sem precisar de priorizar. A Globo perdeu os direitos da Libertas e Sulamericana na TV fechada. A Copona teria jogos no meio de semana pra encher a grade do Sportv.

Acho corretíssima a ideia de permitir aos clubes da Libertas entrar em fases mais avançadas. Assim como acho que deveria ocorrer como na Inglaterra ou Itália, com os times pequenos se degladiando primeiro para gradativamente encontrar os maiores.

O calendário do futebol brasileiro vai se ajustando aos poucos. Pontos corridos, criação da Série C “fixa”, a criação da Série D, agora a Copona. Está melhorando, mas precisa evoluir ainda.

Acho que num país do nosso tamanho o Brasileirão poderia contar com mais times. 24 ou 26. Ó mas o que esse maluco está falando! Calma pessoal, é simples. Coloque o Brasileirão pra começar em março. Terminando em dezembro. Pronto, é perfeitamente possível que tenhamos 46 rodadas.

Basta diminuir algumas datas dos estaduais. Ou mesmo pulverizá-los, execrá-los. Mas e os times pequenos? Simples, aumente a Série B também. 28 times. Amplie a Série C para 40 times. E a Série D para uns 60 times. E crie uma Série E, F, sei lá, Campeonatos regionais. Falando nisso….

COPA DO NORDESTE

Ela também está de volta. Volta também em 2013. O curioso é que não contará com times do Piauí e Maranhão, não sei porque. Falam até em dar uma vaga para a Sulamericana para o campeão. O que não seria novidade, visto que no final da CONMEBOL os campeões regionais ganharam vagas e o CSA chegou a final da competição.

A volta da competição, assim como sua edição do ano passado, é uma compensação da CBF por ter acabado com os torneios regionais em 2002. A Liga do Nordeste arrastou um processo longo na justiça por quase uma década. A maneira que a CBF viu de acalmar os ânimos dos que comandam o futebol de lá foi voltar com a Copa do Nordeste. Ou Campeonato do Nordeste.

Aí o calendário já embola um pouco. E os times de maior expressão nem dão tanta bola pra competição.

Vamos ver como ficará. Torço para que dê certo. Mas se voltaram com o Campeonato do Nordeste, porque não voltar com a Copa Norte ou algo equivalente? O futebol do Norte do Brasil está sumindo, desaparecendo. Algo poderia ser feito. E tem que ser feito.

Leão

E ele ficou. Fiquei surpreso com a decisão de mantê-lo. Mas o Alexandre já tinha cantado a bola aqui.

Me surpreendeu que um treinador que chegou para dar uma sacudida e mexer com o elenco no final do Brasileirão será o responsável por um trabalho de uma temporada.

O São Paulo era visto como um exemplo de organização, de clube, de gerenciamento. Mas foi só enquanto vencia títulos. JJ está se perdendo.

Ainda me lembro da época do Tri Brasileiro e dos planos de se tornar o maior clube do Brasil, da obsessão em conquistar a Libertas, do marketing violento e que angariou muitos torcedores. Mas hoje a diretoria do São Paulo está perdida.

A instituição São Paulo precisa de gente nova. De ar fresco.

Senna

Um vídeo que vale a pena ver. Produzido pela BBC sobre Ayrton Senna:

4 thoughts on “Habemus Copona

  1. Não acho absurdo o Leão ficar no SP; primeiro por não ter tantas opções assim; segundo o treinador fez bons trabalhos já e nos ultimos clubes em que ficou mais tempo (Palmeiras 05/06, Corinthians 06/07 e Atlético/MG), não teve também material humano para fazer grande coisa. O que é preciso é ele não ter tanto problema de implicância com os atletas, e a diretoria ajudar com bons reforços. E sobre a mudança de diretoria, é preciso, mas é complicado da forma que é feito o processo eleitoral dos clubes por aqui, onde os conselhos são feudos, e por aí vai…Depende sempre do resultado em campo, se o time vai bem, tdo é esquecido, se não, é o contrário,

    Correto a Copa do Brasil ter mais tempo e com os times que disputam a Libertadores, mas errado esvaziar (ainda mais) a disputa por vaga pela Sul-Americana pelo Brasileiro, colocando vagas para quem joga a Copa do Brasil; claramente isso tem intenção política e também foi feito para poder agradar a Globo/Sportv (mais ainda o canal pago) que pode não ter Libertadores para transmitir, A CBF, mesmo quando acerta, erra por outro lado.

    Sobre a série A penso que está bom com 20, as séries menores é que têm de ser melhor olhadas pela CBF e penso que os regionais de Norte e Nordeste podem acontecer sim, concordo com a idéia de se valorizar ali, mas penso também que os estaduais tem de ser racionalizados, mas não precisar ser extintos, é algo para se pensar.

  2. Escrevo antes da final do Brasileiro e é incrível a torcida de boa parte do Brasil contra o Corinthians (nem tanto a favor do Vasco); claro que se torce contra pois é um time grande que vem ganhando títulos (se fosse o XV de Piracicaba com chance de título não se torceria tão contra assim). Mas o que me chama a atenção é o fato de muitos torcerem contra os “comentaristas de mérida” da TV aberta pró-Corinthians; será que esses caras (e algumas belas também) não tem medo até de uma reação mais violenta por parte de algum lunático, por causa dessa preferência tão explícita por 1 time como vem ocorrendo nos ultimos anos?

  3. Parabéns por acertar a classificação do Inter para a Libertadores (pena que tirando o SP, mas aquela entregada contra o Bahia e o desinteresse de alguns jogadores custaram caro, além da passagem desastrada do AB).

    Como não vi o jogo pergunto: agora teremos outra lenda urbana ou tem fundo de verdade a história que já corria pela net antes da partida, de que o CAM entregaria a rapadura para não prejudicar o “parceiro” (BMG)?

  4. Não acho absurdo o Leão ficar no SP; primeiro por não ter tantas opções assim; segundo o treinador fez bons trabalhos já e nos ultimos clubes em que ficou mais tempo (Palmeiras 05/06, Corinthians 06/07 e Atlético/MG), não teve também material humano para fazer grande coisa. O que é preciso é ele não ter tanto problema de implicância com os atletas, e a diretoria ajudar com bons reforços. E sobre a mudança de diretoria, é preciso, mas é complicado da forma que é feito o processo eleitoral dos clubes por aqui, onde os conselhos são feudos, e por aí vai…Depende sempre do resultado em campo, se o time vai bem, tdo é esquecido, se não, é o contrário,
    +1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s