Um pouco de paciência, por favor


Depois de uma pequena pausa estou de volta. Peço desculpas aos meus milhares de leitores espalhados pelo mundo.

Vou fazer um resumão de algumas coisas que me chamaram a atenção mas que não tinha dado tempo de falar aqui.

———————————————————————-

Treinadores

O brasileiro ainda não se acostumou com os campeonatos de pontos corridos. Isso, somado com a tradicional impaciência e ilusão que seu time, mesmo sendo um Atlético-GO da vida, deve vencer o campeonato, faz com que os treinadores sofram a cada derrota.

Corinthians, Flamengo e São Paulo por exemplo. Passaram os três por fases ruins dentro do campeonato. Mas ainda estão na briga e podem, num campeonato de nível medíocre, serem campeões.

Mas o que tem de gente pedindo a cabeça do Adílson porque “põe o time pra trás”, “não joga assim”, “não põe não sei quem”, não está escrito. Valeu o mesmo pro líder Corinthians. E até o profexô foi contestado.

Mas basta umas duas vitórias, mesmo sendo contra zé ninguéns, para acabar tudo.

Agora quem pode ir se preparando pra sofrer é Caio Júnior. Técnico do 6º time do estado do RJ e que faz um trabalho brilhante, levando um time fraco/mediano para as cabeças do campeonato, vem enfrenando uma fase sem vitórias. Logo logo começam as reclamações, pressão pra escalar fulano, colocar alguém da base, tirar aquele mercenário e…..no fim a culpa pelo timeco terminar (supondo, claro) em 7º vai ser dele e vão pedir a cabeça do cidadão.

Falta uma mentalidade mais “Inglaterra” por aqui. O time já começa o campeonato sabendo pelo que ele vai competir. Título, vaga na Champions, Europa League, contra o rebaixamento. O planejamento e o técnico são escolhidos levando isso em conta.

E a torcida comparece e apoia o time.E seria mentira dizer que não pedem a cabeça dos treinadores por lá. Roy Hodgson por exemplo, foi expulso do Liverpool depois de uma pressão enorme da torcida. Mas o nível de atuações e de planejamento do nada simpático treinador estava abaixo da crítica. Não foi tomado por base uma série de 4 jogos sem vitórias. Foram 6 meses em que o Liverpool chegou a figurar entre os 6 últimos do campeonato.

É claro que reclamam, mas o nível da reclamação é outro. Pergunte a um torcedor por aqui o que faria para tirar seu time de uma maré de azar. Sempre vem as mesmas soluções de “colocar o moleque da base”, “por o time pra frente”, pedir a torcida pra comparecer”, “jogar com raça”….nada concreto.

Participei por algum tempo de um fórum da BBC, que não existe mais, chamado 606. Havia discussões sobre o futebol inglês e por lá o pessoal tem uma visão mais ampla da coisa.

Há que se fazer uma análise do seu time e de onde ele pode chegar, mas levando em conta os adversários. Ou alguém acha que os torcedores do Tottenham não estão satisfeitos com a vaga na Europa League depois de atingir as quartas de final da Champions? Dois dos times que terminaram a frente da equipe do norte de Londres são brinquedinhos de bilionários. O Manchester Utd venceu como sempre e o Arsenal foi melhor nos clássicos contra a equipe, então vão reclamar de que? Pedir para o Harry Redknapp sair porque terminaram em quinto? Depois dele montar uma equipe que recuperou o Tottenham de anos e anos de ostracismo na metade da tabela?

É até uma questão de respeito com o profissional.

Ainda estou esperando pra ver o dia em que os torcedores do Botafogo se contentem com uma campanha boa como essa. Ou que os torcedores do São Paulo se contentem com um treinador que não seja o Telê ou o Muricy.

———————————————————————–

Vettel campeão. E daí?

A Red Bull tem o melhor carro disparado e Vettel é o piloto em melhor fase. Foram tantas poles, tantas vitórias que sua conquista estava escrita já desde a nona corrida.

Espero que o carro da Ferrari para a próxima temporada seja realmente tão bom quanto os falastrões italianos tem dito lá pelos lados de Maranello. A diminuição dessa diferença entre a Ferrari e a Red Bull é essencial para que Vettel tenha um adversário competitivo ano que vem.

E também espero que a McLaren faça um carro equiparado a suas duas rivais. Assim Jenson Button também lutará pelo título.

Pra quem aposta em “dominância”, “tri” do alemão, paciência. Lembram-se se Alonso, que acabou com a hegemonia de Schumacher e foi bi-campeão? Não ganhou mais desde então. Há uma série de fatores que influem na F1.

E temos que lembrar que, tendo um carro mais competitivo, Alonso é o melhor piloto da F1 no momento. Vettel ainda tem que aprender bastante e se aproveitou, assim como Alonso na Renault, de um carro superior aos demais.

Equipare as três equipes principais e teremos Vettel, Alonso e Button brigando ano que vem. E ainda teremos Webber e Hamilton, dois grandes pilotos pra entrar no bolo.

Enquanto isso, é relaxar e aproveitar o fim da temporada. Porque bancar tanta emoção pra disputa de vice campeonato é apelar demais né?😉

———————————————————–

O locaute; ou greve da NBA sem data pra terminar

Hoje é o prazo final para um acordo entre jogadores e equipes. Caso não ocorra um acordo nesse dia as duas primeiras semanas serão canceladas.

Além da discussão da distribuição do dinheiro proveniente de venda de ingressos, marketing, cotas de TV, vendas de produtos, que é o centro da polêmica, há que se discutir inúmeros outros detalhes.

É praticamente impossível que haja um acordo a tempo de salvar as duas primeiras semanas da temporada.

Na questão principal as equipes e jogadores estão separados por um valor entre 100 e 160 milhões de dólares. Quem perde são os jogadores, que hoje levam 57% daquelas receitas que detalhei no outro parágrafo. As equipes querem que seja 50-50%. Os jogadores não querem ceder abaixo de 53%.

E como disse, há outros inúmeros assuntos a serem discutidos.

Já se fala em conseguir um acordo antes do natal, para salvar os jogos de maior audiência na TV, os do dia 25 de dezembro, quando a temporada começa a ser transmitida em TV aberta para os EUA.

Cancelar as duas primeiras semanas é quase certeza de que a temporada não será completa, já que será complicado arrumar datas nos ginásios, sempre com seus calendários lotados de shows e de outros esportes. Há uma ideia que, se um acordo for arrumado até o fim do mês, será possível realocar datas e fazer com que haja os 82 jogos para cada equipe. Passou disso a temporada será encurtada.

Quem perde com tudo isso é a NBA. A liga. A briga é entre franquias e jogadores. O que parece é que os dois lados estão longe de um acerto. A temporada já foi colocada em risco. Em 98/99 a temporada foi encurtada pela metade, os playoffs reduzidos e o All Star Game cancelado.

Um prejuízo incalculável. Que pode se repetir. E justamente em tempos de crise na economia americana.

——————————————————————–

SeleMano

Tive o desprazer de ver aquela pelada da seleção. Terrível. Não pode ser sério que Ralf será titular dessa bagaça.

E o que Ronaldinho faz em campo a não ser atrair os torcedores adversários pro estádio? Joga com nome e só.

Não vou ver o jogo de amanhã, graças ao Deep Purple. Pra quem tiver coragem, bom jogo! E fiquem de olho no Chicarito hein!

4 thoughts on “Um pouco de paciência, por favor

  1. Sobre a Selenike: não vi e não sei se verei amanhã: já passou da hora de fazerem menos amistosos, e jogar, no máximo, a cada 2 meses, mas é aquilo; para a CBF: “fazemos qq negócio”. Boa ida ao Deep Purple, grande banda, bom gosto o seu!

    Sobre a F1: Acho qe ano qe vem poderemos ter um quadro semelhante pois o regulamento será praticamente o mesmo desse ano; apenas em 2013 teremos mais mudanças; claro qe não se pode desprezar Ferrari e Mclaren e a FIA com certeza não gosta de ver o seu negócio sendo decidido mais cedo (basta lembrar o qe fizeram em 2005, proibindo troca de pneu para acabar com o domínio do Schumacher), mas a dobradinha Vettel-Newey (projetista) é muito forte e ele começa o ano como favorito; justiça seja feita tb ao Button, qe vem bem desde qe foi campeão.

    Concordo plenamente sobre a NBA e essa discussão exagerada, ainda qe lá pelo menos haja uma maior consciência coletiva sobre os salários (elevadíssimos) da categoria.

    Sobre os treinadores e o planejamento dos clubes: Se aqi fosse como ocorre em algumas ligas da Europa, onde o treinador qe sai de um clube é proibido de ir para outro da mesma divisão (o clube até pode demití-lo, mas tem de continuar a pagar seu salário), veríamos menos demissões certamente; outro problema é qe os técnicos aqi são supervalorizados em qq vitória e achincalhados em qq derrota. Além disso os próprios times são exaltados em demasia muitas vezes; sobre a torcida do SP vc generalizou um pouco, mas o problema entre os torcedores não é bem o técnico (o Autuori é bem visto, mas principalmete pela Libertadores; essa sim é a “unica” competição qe interessa para os mais jovens, pensamento errado difundido por parte da imprensa

  2. Nesse exato momento a Selemano está perdendo de 1 X 0, com gol contra. Mesmo com tudo que acho do Mano, não vejo como um outro técnico poderia mudar muito esse cenário. Faltam ovos pra se fazer uma omelete. Essa safra atual é muito inferior ao que a imprensa divulga. Creio que não conseguirão inventar desculpas até 2014. Aí tirar o técnico servirá pra desviar um pouco o foco.

    Não bastasse a era Schumi, vamos ter que aguentar um bom tempo do reinado Vettel. Pelo menos ele é simpático e não joga tão sujo quanto o Dick Vigarista🙂

  3. É, acabei vendo boa parte do jogo do Brasil, que foi melhor que o 1º; qdo o Brasil enfrenta um time que dá espaço para jogar, ainda consegue alguma coisa; qdo enfrenta um time mais fechado, se complica, muito pelo que o Marco disse; a safra não é tão boa qto muita gente pensa. O ruim é que com essa vitória sobre o México, o Firula Gaúcho vai poder enganar um pouco mais tempo na Seleção, sempre caído pelo lado esquerdo e não fazendo grande coisa (com bola rolando não vale falta e penalti apenas); David Luiz não me convence, é um Lúcio com um pouco mais de técnica, mas ainda mais estabanado. Ao menos foi bom ver o Marcelo e o Hulk em campo, são figuras que podem continuar atuando.

  4. Discordo um pouco sobre o Schumacher; o que é ser vigarista? Tentar vencer a qualquer custo? Se for por isso, o Senna tão incensado aqui no Brasil, fez a mesma cafajestada em 90 qdo jogou o carro contra o Prost (que ele vetou ter na mesma equipe em 94); então, não acho o 1º alemão o demônio que muitos gostam de pintar aqui no Brasil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s