O anticlímax no final


Não tenho outra frase pra descrever essa final da NBA. Não que seja um jogo ruim, entre times “cagões” e sem bons jogadores. Dallas e Miami mereceram estar nessa final.

Anticlímax porque ambas as equipes dariam mais assunto se tivessem caído antes. O Miami Heat e seu trio de superestrelas que demorou pra engrenar, mas engrenou e começou a pulverizar todos que atravessam seu caminho. O Dallas Mavericks e sua fama de amarelão.

Posso dizer, sem ter medo de errar, que não haveria um confronto mais interessante na final que esse.

Durante toda a temporada o Miami deu a entender que não engrenaria, que tinha problemas entre seus principais jogadores e que seu técnico era fraco demais para suportar a pressão de um supertime. Na verdade o Heat estava apenas se adaptando.

Já o Dallas fez a temporada de sempre, ficando na sombra dos Lakers e, como sempre, na sombra dos Spurs. Em todos os confrontos nos playoffs o Dallas foi tido como o azarão. O Portland tinha um time que poderia surpreender, o Lakers é o atual bi-campeão e o Oklahoma tem 2 dos mais promissores jogadores da liga. Ninguém jamais apontou o Dallas como favorito nos playoffs. E foi assim que chegaram na final. Onde também não são favoritos.

Vale lembrar que ambas equipes decidiram o título em 2006, com vitória do Miami sobre, o naquela época, favoritíssimo Dallas. Eles estavam em situações opostas a de hoje.

Mas o Miami tinha o jovem Dwayne Wade e ele, o monstro master super dominante Shaquille O’Neal. O Dallas sucumbiu a seu carma.

Desde então a equipe do Texas tem que aguentar a pressão de ser uma equipe cara, com jogadores experientes e que não consegue corresponder as expectativas. Esse ano o time de Nowitzk e Kidd pode finalmente deixar esse carma para trás.

Não que a missão seja fácil. Talvez jogar como o azarão possa ajudar ao time de Mark Cuban.

Mas quando se vê Chris Bosh, Dwayne Wade e LeBron James jogando tudo que estão jogando, fica difícil, muito difícil crer que o Miami seja derrotado pelo Dallas.

Mas a história já surpreendeu antes. Porque não agora?

————————————————————————————

Shaquille se aposenta

A aposentadoria de Saquille não me surpreendeu. Tecnicamente ele estava aposentado desde sua saída do Miami. Sua passagem por Phoenix, Cleveland e Boston foram apenas extensões de sua carreira.

O Shaquille que fica na memória é aquele monstro que surgiu no Orlando e destruiu tudo no Lakers e no Miami. O cara grandão boa praça que se tornou um ícone do basquete.

Vou fazer um post sobre Shaquille em breve, apenas vou juntar tempo para fazer algo que esteja a altura do grande Shaquille.

One thought on “O anticlímax no final

  1. Desculpa mas vou desviar o foco:
    Até quando o futebol brasileiro vai aguentar a zona dessa Conmebol paraguaia, dirigida por safados de 5ª categoria????? Nem sou santista mas já perdi a paciência com os índios jogando pedras e objetos no gramado. No dia que morrer um….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s