Fim dos Estaduais


Bom, não deu certo. Não sou polvo, mãe diná ou coisa parecida.

Mas o Marco sim, pode se considerar um Polvo. Acertou os três que apostou. Polvo Paul está se remoendo no túmulo!😀

Em MG deu o que achava que era até óbvio. E, como dói dizer isso, foi muito bem feito. O Atlético desmontou o time no meio do campeonato, mandou embora jogadores contratados a peso de ouro e que eram, na realidade, pesos mortos no elenco desde antes do campeonato começar.

A demora, a inércia e a falta de planejamento de Alexandre Kalil fizeram com que o Atlético fosse montado e remontado num período de 3 meses. Subiram jogadores da base, jogadores desacreditados foram alçados a condição de titulares e Dorival foi deixado com o pepino na mão.

Enquanto isso o Cruzeiro, que perdera seu capitão para o Galo no início do ano, manteve a base vice campeã brasileira. Foi o suficiente para levantar o título em cima de um fraco e inexperiente Atlético. O elenco do Cruzeiro é infinitas vezes superior ao do Atlético. O profissionalismo da diretoria idem.

Já em São Paulo deu Santos. Sem a Libertadores, apostava num Santos menos focado no Paulistão. Balela. Neymar fez a diferença, o Santos venceu e me deixou com a pulga atrás da orelha. A única partida que vi da equipe esse ano não me deixou uma boa impressão. Uma dependência grande de Neymar e especialmente de Ganso. Como não acompanhei os paulistas esse ano (não de perto), creio que a vitória só comprova o fato de que a equipe, mesmo não sendo espetacular, tem em Neymar um grande diferencial. As deficiências que notei no time santista podem ter ficado escondidas ness título e creio que Muricy vai ter que trabalhar melhor esses meninos antes de uma semi final de Libertadores.

——————————————————————————-

GRENAL

Bom meus caros, o único jogo que acompanhei dessas decisões foi o GRENAL. E foi ao vivo, dentro do Olímpico.

Já fui a um Atlético e Cruzeiro e posso dizer que as coisas por aqui são bem mais organizadas e civilizadas. Como sou torcedor neutro, escolhi ir para a torcida gremista porque, obviamente, era a maioria.

Depois de comprar ingresso de cambista, mais barato que o da bilheteria, entrei no estádio já com o jogo rolando. E tinha muita gente pra entrar! Muita mesmo. Achei que ia rolar confusão, empurra empurra, mas não aconteceu nada.

A polícia ordenou a fila, pediu (mandou) que todos ficassem em fila indiana e assim ficamos até entrar no estádio.

Pode ter passado batido, mas não vi confusão nenhuma fora do estádio. Nem antes nem depois da partida. Aliás, quando estava indo embora, no ponto de ônibus, a polícia veio evacuando a rua para a passagem dos torcedores do Inter que estavam no estádio. Tive que andar 5 quadras pra pegar outro ônibus e sair do “raio de evacuação”, e ninguém reclamou de nada.

Fora isso, durante o dia e inclusive nas horas próximas a partida, vi torcedores de Grêmio e Inter andando com camisas pelas ruas sem serem incomodados. Inclusive no ônibus que peguei para ir ao estádio havia uma colorada e vários gremistas, mas ninguém mexeu com a moça.

É claro que confusões e brigas ocorrem. Mas gostei da organização e do senso de educação da maioria aqui. Vi muitas mulheres (muitas gurias mesmo) no estádio. Vi famílias inteiras. Numa decisão de campeonato e no maior clássico do RS, não imaginava que seria assim. Talvez esteja acostumado com a selvageria dos “travestidos” que costumam ir aos clássicos em Belo Horizonte.

Quanto ao jogo, o Inter foi melhor mesmo. Essa foi minha impressão da “geral”, que aqui chamam de arquibancada. O Inter é mais time, muito mais time que o Grêmio. Foi pura e simplesmente por isso que o Inter venceu. O Grêmio teve chances de matar o jogo no início, bobeou e deixou virar e só empatou numa falha do goleirão Renan, que teve seu nome cantado durante toda a partida pela torcida do Grêmio.

E foi ele mesmo quem definiu o título para o Inter e teve seu momento de revanche.

Título merecido para o Inter, mas não acredito que Falcão consiga levar o Inter ao título brasileiro. O elenco é bom, caro, famoso, mas não dá liga.

———————————————-

Zebra

A vitória do Bahia de Feira de Santana é uma surpresa colossal. Não posso falar do que não vi, mas o Vitória tem que se preocupar e muito com a Série B. Não esqueçam que a equipe já caiu 2 anos seguidos há pouco tempo, indo da Série A para a C em apenas 2 anos.

Já no Pernambuco não foi zebra porque o Santa Cruz é time grande. Mas foi zebra se pensarmos que o tricolor está na Série D.

Mais um que tem que abrir os olhos é o Sport. A Série B não perdoa.

O resultado dessa brincadeira é que só acertei o Cruzeiro campeão. O único que gostaria de errar….

2 thoughts on “Fim dos Estaduais

  1. Amanhã eu tô lá na bancada do Jogo Aberto😆

    Mas, que ninguém leia, só falei o óbvio. O Santos, Cruzeiro e Inter são mais times que os rivais. Como você mesmo avaliou. Eu cravei seco nos melhores elencos. Só isso.

    Mas o Santos é sim dependente do Neymar. No dia em que ele não resolver….
    Uma pauta pra você: eu tô muito assustado com as atividades extra-campo do Neymar. Não sei até quando ele conseguirá manter o foco nas 4 linhas. Vários outros já cairam na mesma armadilha. E olha que tinham muito mais idade e bagagem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s